Logo Engeplus

Psicóloga e empreendedora cria ferramenta inovadora para prevenção da saúde

A saúde mental dos brasileiros tornou-se uma pauta extremamente relevante, principalmente após a pandemia causada pelo coronavírus. O isolamento social, por exemplo, resultou em um aumento de mais de 80% nos casos de ansiedade e estresse, segundo pesquisa da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Com o avanço das discussões, o assunto não só deixou de ser tabu dentro dos espaços públicos e corporativos, como passou a ser considerado um diferencial pelos funcionários na hora de escolher o local de trabalho.

Uma pesquisa recente realizada com mais de 2 mil pessoas em todo o país, em parceria com a Opinion Box, mostra que 72% dos brasileiros optariam por trabalhar em uma corporação ou entidade que valoriza a saúde mental do funcionário. 57% também afirmam ter cuidado mais com a saúde mental após vivenciar o cenário de pandemia.

A exaustão ligada ao excesso de tarefas já é uma doença reconhecida mundialmente. Outra pesquisa, desenvolvida pela Pearson, com mais de 8.100 pessoas em todo o mundo e 1.000 brasileiros, mostrou que 71% dos entrevistados no Brasil acreditam que as organizações devem oferecer serviços gratuitos de saúde mental aos funcionários.

Solução Criciumense

Diante do conhecimento sobre a necessidade de bem-estar além do âmbito pessoal, a psicóloga e empresária de Cricium, Rosane Glislere, customizou uma ferramenta que tem despertado a atenção de empresas, instituições, além de órgãos e setores do poder público. Esta é a plataforma digital do Clube Jabuticabeiras, que oferece uma série de faixas com conteúdo multimídia, todas voltadas para a prevenção da saúde mental. Inovadora, a proposta da startup foi vice-campeã do Programa Inova Criciúma, que reconheceu e premiou 10 projetos em diferentes áreas. Atualmente, o comece na área da saúde está incubada no ecossistema de inovação e empreendedorismo da Unesc.

A plataforma atua no controle emocional, promove o equilíbrio da mente na tomada de decisões, traz dicas para manter vínculos afetivos, ensinamentos de como ter uma vida leve e produtiva, além de promover o autodesenvolvimento, o autoconhecimento e a saúde mental . “O objetivo da plataforma é democratizar a saúde mental. Quando uma pessoa se sente bem, seu desenvolvimento dentro do negócio também muda. Ela pode olhar para o mesmo problema e enfrentá-lo com um olhar diferente. Dentro da proposta, temos diversos programas digitais com vídeos e atividades para os colaboradores trabalharem em etapas”, explica Rosane.

Empresas da região já se beneficiam do uso da plataforma

A Ouro Negro Transportes, sediada em Criciúma e com mais de seis filiais em todo o Brasil, foi uma das empresas que apostou na iniciativa de Rosane, que combina psicoeducação e tecnologia. Cerca de 60 colaboradores, líderes do setor, têm acesso aos programas de desenvolvimento online da plataforma, que são baseados em conceitos de psicologia, coaching e constelação familiar.

Entre os benefícios da plataforma Clube Jabuticabeiras estão o desenvolvimento e treinamento da equipe da empresa, aumento da motivação para o trabalho, avanço do engajamento dentro do espaço corporativo, maiores resultados positivos e contribuição para uma sociedade saudável.

“Após a pandemia, em especial, a saúde mental passou a ser uma pauta muito trabalhada em nossa empresa. Se um ser humano não está bem emocionalmente, ele não será produtivo. Investimos na plataforma para nossos líderes para que se reflita em toda a equipe. Após o investimento, percebemos uma melhora significativa no desempenho dos colaboradores”, comemora Priscila Zanette, diretora geral da Ouro Negro.

A coordenadora do departamento de pessoal (DP) da empresa, Roberta Maria Dias Bertoncini, compartilha da mesma opinião e acrescenta: “Mente e corpo em harmonia impactam positivamente em todos os aspectos da vida do colaborador. A finalidade da plataforma do Clube Jabuticabeiras, essa proposta de equilíbrio emocional me encanta”, elogia.

Recursos e recursos da plataforma

A metodologia da plataforma Clube Jabuticabeiras contempla três etapas: autoconhecimento, saúde mental e consolidação. Com opções de planos tanto para empresas quanto para órgãos públicos, a ferramenta conta com trilhas de conhecimento com vídeos sobre emoções, liderança, constelação familiar, ansiedade, entre outros assuntos, além de podnovelas, monitoramento, indicadores de desempenho e acesso a eventos online. .

A implementação do sistema permite a customização da plataforma de acordo com a identidade visual de empresas, instituições, órgãos e entidades; divulgação interna para grupos que serão premiados com o Clube Jabuticabeiras; cadastros de usuários; acompanhamento dos colaboradores durante a jornada de desenvolvimento, entre outros indicadores.

Solução para desafogar o SUS

O Clube Jabuticabeiras funciona como a porta de entrada para a retomada da saúde mental tanto no ambiente de trabalho corporativo quanto nas cidades. A ferramenta, quando implementada pelas prefeituras, também possibilita desafogar os tratamentos realizados individualmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), além de ampliar a capacidade de atendimento às pessoas com demandas leves. Outra vantagem é sua atuação voltada para a prevenção, o que resulta na diminuição dos gastos públicos futuros com medicamentos e internações, por exemplo.

“Logo no início da pandemia, vi o crescimento de casos relacionados à questão emocional, um sofrimento psíquico muito grande. Naquele momento, percebi que precisava criar outros tipos de serviços para levar a saúde mental das pessoas, além do consultório. Assim nasceu o Clube Jabuticabeiras, com o propósito de democratizar, de fato, a saúde mental, levando-a às empresas e prefeituras”, aponta Rosane.

Colaboração: Letícia Ortolan/NZBT Comunicação

By ys2oi

Leave a Reply

Your email address will not be published.